10 passos para tentar dar comida

Algumas atitudes que a podem ajudar a si e ao seu filho na hora da refeição

1 • O lugar das refeições é na cozinha ou na sala de jantar.

2 • Rigidez também com o horário. Não comeu à hora certa, terá que esperar pela próxima refeição. Uma sugestão é servir às 7 horas o pequeno-almoço, às 10 o lanche matinal, às 12h30 o almoço, às 16 horas o lanche e às 19 o jantar. Não deixe intervalos longos entre as refeições para que ele não ataque nos doces
.


3 • Organize um cardápio variado, as crianças detestam a monotonia do arroz, feijão, bife e batatas todos os dias.

4 • Siga a quantidade certa para a idade de seu filho. Não adianta fazer um prato de enorme quando ele só consegue comer metade

5 • Jamais insista para que ele coma só mais uma colherada. É bom que ele aprenda a parar quando estiver saciado. Quem ingere mais do que necessita desenvolve tendência à obesidade
.
6 • Sem aviãozinho, livrinhos, TV ou brincadeiras na hora da refeição. (achamos este ponto discutível!)O seu filho precisa prestar atenção ao que está ingerindo para que o acto não se torne mecânico.

7 • Em hipótese alguma substitua parte da refeição ou toda ela simplesmente porque seu filho não quer um determinado alimento. Assim como os adultos, os pequenos também têm preferências. O mais importante é manter uma dieta equilibrada na média.
 
8 • Chantagem não vale. Nunca diga: “Se comeres brócolos, a mãe dá sobremesa”. Além de oferecer munição para ser manipulada, está a reforçar a ideia de que brócolos é horrível e só vale a pena comer se houver uma boa recompensa.

9 • Não esconda a verdura debaixo do arroz com feijão. Uma relação verdadeira constrói-se também na hora da refeição.

10 • Se o seu pequeno fez dói-doi, não dê a ele comida como forma de compensação. É meio caminho andado para gerar adultos com problemas com a balança, porque aprenderam a afogar as mágoas no alimento. 

Written By
More from

Pés Fantásticos – truques para o Verão!

Estamos na Primavera mas o calor já está a bater á porta...convida mesmo...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *