a Adopção

Um dos grandes problemas relacionados com a adopção, é o facto de ela ser vista como o último recurso para pessoas incapazes de ter filhos biológicos.


O próprio facto de as pessoas só desejarem crianças recém-nascidas, e de muitas vezes evitarem contar a verdade, é um reflexo dessa tentativa de fazer a adopção o mais parecida possível com a concepção natural.
Mesmo assim, adoptar um filho é sempre um acto de coragem, especialmente para as mulheres.
Afinal, é preciso enfrentar o desejo da família de ter um neto que carregue as suas características genéticas, o preconceito da sociedade em relação às crianças abandonadas e, principalmente, o medo irracional que muitas vezes sentimos de tratar como filhos crianças que não sabemos “de onde vieram”.
Outra questão enfrentada pelas mães, que possuem filhos adoptados, é o facto de serem tratadas como “deficientes”, como se tivessem deixado de cumprir a função biológica de procriar.
O primeiro passo talvez seja para que as famílias (que não são tão poucas) criem coragem para lidar abertamente com a questão da adopção, fazendo com que as pessoas vejam este acto de uma forma mais natural.

Tags from the story
Written By
More from

Dicas para trabalhar em casa!

Trabalha em casa? Mas não consegue separar a sua zona de trabalho?...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *