A razão dos Avós

avos

Perante a diversidade actual dos modelos familiares, fará sentido continuar a falar da importância da família? Os valores que cimentaram a História de uma geração devem ser esquecidos ou, pelo contrário, transmitidos aos mais novos? A fragmentação de muitos casais pelo processo de divórcio conduz sempre a um corte emocional com a família alargada, ou pode proporcionar uma reflexão sobre a continuidade dos elos significativos através das diversas gerações?
Qual o papel dos avós: transmissores de afectos sem regras ou, pelo contrário, a garantia de continuidade da família? Como se pode educar nos tempos de hoje, em que alguns reclamam mais autoridade e outros parece recearem a palavra?

Publicado pela Caminho
O Dr Daniel Sampaio tem agora outro Livro Porque sim!
Veja a sua página pessoal http://www.aidadedosporques.org/home.html

Written By
More from

Viajar para fora com o seu bebé

Longe de casa aplicam-se as mesmas regras de segurança, mas o seu...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *