Alimentação no 1º ano de vida

1901

A alimentação do bebé inicia-se com leite, idealmente o leite materno que, como é do conhecimento geral, é o alimento mais completo e adequado às necessidades do lactente.
A diversificação alimentar deve iniciar-se entre o 4-6º mês de vida. Constitui um processo lento e cuidadoso, no sentido de facilitar a adaptação do aparelho digestivo do bebé, que ainda é muito imaturo.


A introdução de novos alimentos possibilita ao bebé o contacto com novos sabores, consistências e odores, ajudando-o a desenvolver novas competências e a relacionar-se com o meio envolvente. Não obstante, prepara a criança para se sentar à mesa com a família por volta dos 12 meses, desde que a alimentação familiar seja equilibrada. A introdução dos novos alimentos pode ser flexível; no entanto, siga as recomendações do médico de família ou do pediatra que acompanha o desenvolvimento do seu bebé.

A partir dos 4 meses é comum iniciar-se uma papa láctea, sem glúten, ao pequeno-almoço ou ao almoço. Poderá iniciar também uma sobremesa de fruta (maçã, pêra ou banana). Evite o uso desmedido de boiões de fruta, uma vez que contêm sacarose, concentrado de sumo de limão, farinha de arroz, entre outros constituintes que conferem um sabor mais apurado, podendo levar o bebé a recusar a fruta natural.

Aos 5 meses:
– 3/4 refeições de leite;
– Uma papa láctea sem glúten;
– Uma sopa de legumes (ao almoço);
– Duas sobremesas de fruta.A novidade consiste na introdução da sopa de legumes.
Poderá preparar a sopa com uma batata pequena, meia cenoura, meia cebola, uma folha de alface e um fio de azeite no final. Introduza um legume novo (abóbora, repolho, bróculos, couve flor, alho francês…) a cada 3-7 dias para dar tempo a que o bebé se adapte aos novos sabores e verificar se ele não faz qualquer tipo de reacção/alergia.

Aos 6 meses:
– leite materno ou adaptado;
– 1 papa láctea com glúten;
– 1 sopa de legumes com carne;
– 2 sobremesas de fruta.
Adicione à sopa de legumes 30g de carne (vitela, borrego, coelho, frango, peru). Na primeira semana, coza a carne e retire-a antes de passar a sopa. Posteriormente passe a carne na sopa.Á fruta poderá adicionar algumas gotas de sumo de laranja.

Aos 7 meses:
– leite materno ou adaptado;
– 1 papa láctea com glúten;
– 1 sopa de legumes com carne (almoço);
– 1 sopa de legumes com peixe (jantar);
– 2 sobremesas de fruta.
Prefira peixes brancos, como a pescada e o linguado que têm menor quantidade de espinhas.

Aos 8 meses: Pode iniciar um iogurte natural com 3-4 bolachas Maria ou torrada que pode substituir ou alternar com a papa.Comece por introduzir a gema de ovo 1-2 vezes por semana. A sopa de peixe pode ser substituída por farinha de pau.

Após os 12 meses:
Poderá introduzir outro tipo de fruta (pêssego, morangos, kiwi…), leguminosas (feijão, grão…), clara do ovo…
Gradualmente habitue o seu bebé a ingerir a dieta alimentar da família, embora com pouco sal e açúcar além de poucos condimentos.

Estudos recomendam os leites adaptados (leites série 3) até a criança completar os 3 anos de vida, embora o leite de vaca ultrapasteurizado possa ser permitido. Evite o uso de leites de crescimento (são muito açucarados e podem provocar obesidade infantil, cáries dentárias).
Lembre-se que o bebé não está habituado a estes novos sabores e consistências.

Tenha paciência durante todo este processo. Ele poderá recusar um alimento quando lhe é oferecido pela 1ª vez e ingeri-lo com satisfação à 2ª ou 3ª vez.

Contribua para o desenvolvimento saudável e harmonioso do seu bebé.

Evite a comida enlatada ou em boiões. Não adicione sal ou açúcar aos alimentos.

Ao seguir estas recomendações estará a promover a médio e a longo prazo a saúde do seu filho.

Fonte: Vânia Coimbra. Bibliografia:Direcção Geral da Saúde. Saúde infantil e juvenil – programa tipo de actuação.

Draª Solange Burri
Licenciada em Microbiologia
Pós-Graduada em Segurança Alimentar
Univ. Católica Porto
Especialistas dobebé

Written By
More from

Os cereais

Excelente opção para enriquecer o pequeno-almoço, os cereais são ricos em hidratos...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *