Alteração da lei para impedir que pedófilos adoptem

O Procurador-Geral da República defendeu alterações à lei no sentido de impedir que condenados por pedofilia possam adoptar crianças.

Pinto Monteiro reconheceu a lacuna na lei da adopção e deu a resposta. “O que há de perigo neste momento é que no registo criminal desaparece a condenação, portanto, é possível um pedófilo vir a adoptar uma criança. É fácil, é alterarem a lei”, afirmou. Pinto Monteiro sustenta que os certificados de registo criminal devem continuar à disposição do Ministério Público.

O registo criminal é um documento obrigatório para o início do processo de adopção. Contudo, o cadastro fica limpo entre cinco a dez anos após o crime, seja furto, abuso sexual, pedofilia ou homicídio.

Written By
More from

Tribunal tira três crianças de família por terem nomes de inspiração nazi

Um tribunal norte-americano determinou, esta quinta-feira, que três crianças baptizadas com nomes...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *