Bebé XXS

Capa Bebe XXS

O livro “Bebé XXS”, de Maria João Lopo de Carvalho com ilustrações de Mónica Catalá, explica aos mais pequenos, em especial aos irmãos dos bebés prematuros, através das conquistas diárias de um “super-herói” em ponto pequeno, o fenómeno e os desafios que se lhes colocam. A obra foi lançada ontem, no Belém Bar Café, em Lisboa, e promete ser um sucesso junto do universo infantil.

Através de uma história simples e ilustrada, o “Bebé XXS” explica porque é que, depois de ter nascido, o bebé prematuro tem que permanecer na maternidade, obrigando a mãe a regressar a casa sem o trazer. O objectivo é explicar às crianças que o novo membro da família precisa de ganhar defesas para se tornar um menino(a) forte como o irmão(a). O prefácio foi escrito pelo psicólogo Eduardo Sá, cujo trabalho com bebés e crianças tem constituído uma prioridade no currículo profissional.

O super-herói da história é um menino que nasceu antes do tempo e que, por ser muito pequenino, tem “superpoderes” que estão “vedados” aos bebés que nasceram no tempo certo da gravidez: a atenção das enfermeiras, a segurança de máquinas especiais, o privilégio de comer guloseimas através do soro, e a capacidade de caber nos “sítios” mais extraordinários.

Estes “superpoderes” são alimentados por uma poção mágica – o amor da sua família – que o torna cada vez mais forte, saudável e independente. O “Bebé XXS” só irá para casa depois de enfrentar todos os perigos e ensinar aos leitores como se luta pela vida. Mas, será que consegue? Esse é o desafio que a leitura do livro sugere.

Maria João Lopo de Carvalho salienta que a melhor forma que encontrou para explicar aos mais pequenos uma questão tão sensível como esta foi demonstrar que “a força de cada um reside, essencialmente, no reconhecimento das nossas fraquezas”. Para a autora o livro representa “uma ajuda para a sensibilização das famílias e, sobretudo, dos irmãos, para os bebés prematuros”, provando que “não custa nada ajudar com uma gotinha de nós próprios”.

Mónica Catalá revela ter tido todas as razões para abraçar este projecto, que reúne tudo aquilo que gosta de fazer: “Ilustrar com liberdade de expressão e com um bom conteúdo, um tema importante para um público delicado”. A ilustradora sublinha ainda que a sua principal preocupação quando aceitou o desafio foi “transmitir que o bebé prematuro é especial”, fazendo do seu grande motivo “a inocência”.

O “Bebé XXS” é um projecto de responsabilidade social do Abbott Laboratórios na área da prematuridade. A ideia original da história é da responsabilidade da XXS – Associação Portuguesa de Apoio ao Bebé Prematuro. A edição tem como parceiro a José de Mello Saúde/hospitalcuf descobertas e o valor da venda reverte para a XXS, para o apoio de estudos e iniciativas de protecção ao bebé prematuro.

Em Portugal, seis em cada 100 bebés nascem com menos de 37 semanas de gestação, e um por cento dos recém-nascidos tem menos de 1.500 gramas. Os prematuros representam um terço da mortalidade infantil no nosso país. As crianças que nascem antes do tempo têm o sistema imunitário mais frágil e estão mais expostas a infecções e complicações que podem ser fatais.

Sobre a XXS – Associação Portuguesa de Apoio ao Bebé Prematuro
 A XXS – Associação Portuguesa de Apoio ao Bebé Prematuro, é uma associação sem fins lucrativos fundada em 2008, que tem como Missão ajudar os bebés prematuros e as suas famílias a ultrapassarem aqueles que poderão ser os momentos mais difíceis das suas vidas. Assenta num princípio comum aos seus associados, o de uma família que já tendo passado pela vivência do nascimento de um filho prematuro, partilha o seu tempo, apoiando outras famílias que vivem a mesma realidade.

Written By
More from

Torturam filha bebé adoptada.

Adoptaram uma bebé, mas quando ela tinha três anos começaram a agredi-la....
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *