Bebês ainda dentro do útero podem sonhar?

Após sete meses dentro do útero, se desenvolvendo, o bebê passa a maior parte de seu tempo dormindo. Mas é um mistério se o bebê tem os ciclos de sonhos como uma pessoa adulta ou se o cérebro do feto não tem essa capacidade ainda, desligando-se completamente. Ou, pelo menos, ainda era um mistério. Um time de neurocientistas da Friedrich Schiller University, na Alemanha, afirmam ter descoberto que fetos de ovelhas podem entrar em um estado muito similar ao que ficamos quando sonhamos. O estudo promete, além de decifrar os mistérios dos sonhos intra-uterinos, analisar melhor o desenvolvimento do cérebro de uma pessoa, e identificar períodos vulneráveis.

Medir diretamente a atividade cerebral de um feto humano enquanto ele está no útero é impossível. O que sabemos sobre os hábitos de sono em uma idade tão pequena vem de observações sobre os movimentos dos olhos dos bebês.

É sabido que o cérebro oscila entre o ciclo REM (no qual o cérebro ainda está parcialmente consciente) e o ciclo não-REM (no qual o cérebro já está com os sistemas praticamente desligados e o cérebro descansa).

Alguns cientistas tentaram medir as atividades cerebrais de bebês prematuros, que haviam acabado de nascer. Mas, de acordo com os autores desta última pesquisa, os resultados destes procedimentos são cheios de falhas. Os neurologistas que estudavam esse campo não sabiam se os bebês desenvolvem sutilmente a capacidade de sonhar ou se ela simplesmente aparece, um dia.

Para preencher essa lacuna, Karin Schwab, que conduziu as pesquisas, estudou fetos de ovelha (em teoria, similares aos fetos humanos na maneira de desenvolvimento). Ela descobriu que os ciclos de sono desses fetos duram entre 5 a 10 minutos e ficam oscilando constantemente. Eles também mudam, lentamente, enquanto o feto cresce.

A pesquisadora também descobriu que os neurônios, que controlam o sono, são desenvolvidos e ficam maduros muito antes de que o cérebro esteja suficientemente desenvolvido para ter um sono do tipo REM.

Um melhor entendimento da maneira com que o cérebro se desenvolve pode indicar que um determinado bebê está propenso a desenvolver uma doença neurológica posteriormente.

in Sciencetific

Written By
More from

Anita

Vem conhecer uma menina parecida contigo e aprende tudo sobre as suas...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *