Brasil: Brincadeira adolescente com consequências trágicas

O clima de medo entre as adolescentes brasileiras está a crescer, em consequência de vários crimes sexuais e homicídios ligados ao uso das chamadas ‘pulseiras do sexo’. Só numa semana três meninas foram violadas e duas acabaram mesmo assassinadas.

Os dois casos mais recentes ocorreram no último fim-de-semana, em Manaus, capital do estado do Amazonas, e provocaram a morte a duas adolescentes de 14 anos. Em ambos os casos houve violência sexual, e ao lado dos corpos das vítimas foram deixadas as pulseiras, rebentadas. Uma semana antes, no estado do Paraná, uma menina de 13 anos foi violada por três rapazes, que também rebentaram as pulseiras que usava.

As chamadas ‘pulseiras do sexo’ são uma moda internacional cuja febre chegou agora ao Brasil. As adolescente colocam no braço várias pulseiras coloridas e cada cor significa um tipo de carinho ou carícia, que vai de um simples abraço até ao sexo. Os rapazes tentam partir as pulseiras e, de acordo com as regras da brincadeira, têm o direito de fazer o acto correspondente à pulseira que rebentam.

A brincadeira, porém, acaba cada vez mais em abusos sexuais e até na morte das jovens que se recusam a cumprir o ritual.

in http://www.cmjornal.xl.pt

Written By
More from

A introdução da colher

Esta é uma etapa muito importante para os bebés e para os...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *