Cachorros-quentes podem ser perigosos para crianças, dizem pediatras dos EUA

Cachorros-quentes podem ser perigosos para crianças, dizem pediatras dos EUA

O formato dos cachorros-quentes é perigoso para crianças porque pode provocar engasgamentos e, por isso, deveria ser redesenhado, afirmou a academia americana de pediatria em um relatório publicado hoje pela revista "Pediatrics".

 

Segundo cientistas da academia, a forma alongada, o tamanho e a textura dos cachorros-quentes aumentam o perigo de que crianças engasguem.

 

De acordo com o relatório, mais de dez mil crianças dão entrada nas emergências americanas e 77 morrem anualmente nos Estados Unidos por engasgarem com cachorros-quentes.

 

O estudo também diz que 17% dos casos de asfixia por alimentos estão ligados aos cachorros-quentes.

 

"Se os melhores engenheiros do mundo quisessem criar o bloqueio perfeito da traqueia de uma criança, este teria a forma de um cachorro-quente", diz Gary Smith, diretor do centro de pesquisa de lesões do hospital pediátrico de Columbus, no estado americano de Ohio.

 

"Sou um pediatra de emergências, e tentar extrair os cachorros-quentes depois que entalaram é praticamente impossível", acrescentou.

 

Segundo Smith, a solução estaria em um novo desenho do cachorro quente porque, ao contrário dos brinquedos, este não contém uma advertência sobre o perigo que representam para crianças.

 

"Nenhum pai pode vigiar seus filhos o tempo todo. A melhor forma de protegê-los é com um novo desenho", acrescentou.

 

Janet Riley, presidente do conselho americano do cachorro-quente e salsichas, concorda com o alerta da academia e diz que mais da metade dos cachorros-quentes contêm conselhos para serem cortados, justamente com o objetivo de impedir que crianças se engasguem. EFE

 

in G1. Globo

Written By
More from

Bebê gordinho pode não ser tão fofo assim, afirmam cientistas

As escolas já proíbem salgadinhos, emitem boletins de obesidade e reservam espaço...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *