Cadáver de bebé entre 200 toneladas de lixo

O cadáver de um bebé recém- -nascido foi encontrado ao final da manhã de ontem numa linha de triagem de resíduos sólidos da empresa Valnor em Alter do Chão, distrito de Portalegre. O bebé terá sido deitado no lixo logo depois do nascimento.

A descoberta macabra foi feita por um funcionário da empresa que parou imediatamente o processo de triagem e chamou as autoridades. O caso está a ser investigado pela PJ.

Fonte da Valnor avançou ao DN que "será impossível" descobrir o local onde o corpo foi atirado ao lixo pela simples análise dos resíduos. "Todos os dias são recebidas cerca de 200 toneladas de lixo", explica a mesma fonte. A única certeza é que o cadáver terá chegado à Valnor levado num dos carros de recolha de lixo, entre as 06.00 e as 10.00 de ontem. Depois de descarregados para uma fossa, os resíduos entram na linha de triagem em que é feita a separação.

O corpo, onde ainda estaria agarrada uma parte do cordão umbilical, foi levado para o Instituto de Medicina Legal onde será realizada a autópsia para determinar as causas da morte.

in DN

Written By
More from

A insónia nas crianças de 3, 4 e 5 anos

Descobriu-se que muitos dos problemas das insónias das crianças nestas idades advêm...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *