Cesariana e o risco de asma

Os bebés nascidos de parto cesariana têm mais probabilidades (50%)  de desenvolver asma do que aqueles que nascem pelo parto normal, segundo um estudo baseado na Noruega.


Sobre 1,7 milhões de nascimentos ocorridos no período entre 1967 e 1998, os pesquisadores descobriram que os bebés nascidos com a ajuda de instrumentos tipo vácuo e fórceps tinham um risco maior de 20% de desenvolver a doença respiratória; aqueles nascidos de cesariana planeada tinham 40% de risco; e a cesariana em casos de emergência aumentava as chances de ter asma em 60%.

Embora o estudo não explique as razões dessa relação, os autores apresentaram duas hipóteses que poderiam ajudar a explicar como o tipo de parto afecta o risco de asma. "A primeira é que os bebés que nasceram de cesariana não são expostos a bactérias das suas mães durante o parto, o que é prejudicial para o desenvolvimento do sistema imunológico", disse o pesquisador Mette Christophersen Tollånes.

A outra hipótese é que os nascidos decesariana têm mais problemas respiratórios após o nascimento porque são menos expostos a hormonas do stress, à compressão do tórax, mecanismos que contribuem para esvaziar os pulmões do líquido amniótico. "É provável que isso possa afectar negativamente a função pulmonar a longo prazo", acrescentou o cientista.

Written By
More from

Celine Dion está grávida e vai ter gêmeos!

A cantora  já tinha demonstrado a sua vontade em ser mãe novamente. Agora...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *