Como tratar a diarreia infantil?

bomdiamae

bomdiamae

Pode não ter essa ideia mas a diarreia é uma das doenças mais comuns nas crianças e é a diminuição de consistência nas fezes e aumento da idas ao wc.
Sem a querer assustar e por mais simples que possa ser este quadro pode levar a criança à morte, principalmente nos primeiros anos de vida.

Segundo alguns pediatras “as crianças têm um sistema imunológico muito frágil, e qualquer coisinha pode evoluir para uma diarreia”.

Então qual  primeiro passo para o seu tratamento?  
Identificar a sua causa. “Hoje, a principal causa é o rotavírus. Além disso, elas podem ocorrer por alguma alergia a algum tipo de alimento, má condições de controle higiênico dos alimentos e água contaminada”, dizem especialistas.

Primeiramente deve dar muita água ao seu bebé, para evitar a todo custo uma possível desidratação.
 “Quanto mais cedo é feito o tratamento, menor as chances de ocorrer conseqüências graves”, afirmam os profissionais

Neste quadro de desidratação num organismo muito frágil como o de uma criança pode vir a trazer vários problemas graves. “Com a perda de água, o corpo fica com falta de sódio e potássio, que são elementos reguladores do organismo, que controlam, por exemplo, os batimentos cardíacos”, explica.

Logo no começo da diarreia você deve e pode dar:
–  para um copo (200ml), coloque uma medida de sal e duas de açúcar. (esta é uma colher especial para a preparação do soro caseiro), caso a diarreia continue…deve dirigir-se ao hospital.

Insista sempre para que a criança coma (mesmo que depois vomite) e beba muita água.

A diarreia é normalmente acompanhada por cólicas, febre e até mesmo vômitos. Para prevenir, é importante que as mães mantenham sempre os objetos de uso dos pequenos sempre limpos. E lave sempre bem as mãos depois de limpar fraldas sujas.

Uma ida ao pediatra ou ao hospital deverá resolver este episódio.

As Melhoras!

Tags from the story
Written By
More from

Educação sexual no 1.º ciclo

A educação sexual nas escolas do 1.º ciclo ainda não é uma...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *