Cronistas

Coragem, Mães! Bom ano lectivo!

Coragem, Mães! Bom ano lectivo!
do Bebé

bom ano lectivo

O ínicio do ano escolar está aí…a bater-nos á porta. Qual “furacão Isaac”, assim que a abrimos, vira as nossas casas do avesso!

Depois de uns meses de férias, para os mais pequenos, e de uns (míseros) quinze dias para os crescidos (para os que ainda têm a sorte de ter um trabalho), voltam com instintos autoritários quase ditatoriais, as rotinas, os horários, os lanches, os trabalhos de casa, o trânsito…somando-se, sem dó nem piedade, ás refeições, aos banhos, ás limpezas, ás compras no supermercado, á roupa por passar a ferro que não para de se amontoar no cesto… só pensar no que aí vem, é mais do que suficiente para ficar cansada!

Isto para não falar do fim do Verão e dos dias solarengos que tanto nos ajudam a superar as agruras dos dias corridos…e da chegada do Outono, das chuvas, dos frios, das constipações, das febres…das noites mal dormidas e, o pior de tudo, dos queixumes dos nossos pequenos, com os olhitos caídos e a testa a ferver, a garganta que dói e a tosse que cisma em não passar…

Não há que desesperar…foi assim no ano passado e a verdade é que cá estamos para contar a história! Ao contrário das previsões mais pessimistas…sobrevivemos!

Não é fácil. A adaptação não é só nossa, mas também dos nossos pequenos e temos de nos aguentar á bronca por nós e, essencialmente, por eles! Eles é que são as crianças e precisam de saber e mais ainda de sentir, que nós sabemos o que estamos a fazer, que não há nada que nos derrube (pelo menos, totalmente!…ás vezes, vergamos um bocadinho!), que estamos lá por eles e com eles, que nada lhes faltará, principalmente, carinho, apoio, e muitos beijos e abraços!

As mães são seres quase extra-terrestres, com poderes mágicos e feitos inexplicáveis de bravura, resistência, força e muita convicção, mas também de muito amor, dedicação e altruísmo. “Mamã, tu consegues tudo!” – já perdi a conta ás vezes que ouvi esta frase. As expectativas que depositam em nós são muitos elevadas e a responsabilidade de estar sempre no 1º lugar do pódio, com a medalha de ouro ao peito, traz também uma pressão á qual resistimos e enfrentamos com cabeça levantada e sorriso nos lábios, mesmo que ás vezes por dentro não nos sintamos assim tão capazes!

Mas, na verdade…é isso que somos mesmo: capazes! Somos muito capazes! Ser mãe é a tempo inteiro, é sê-lo mesmo quando estamos no nosso posto de trabalho a pensar no que vamos fazer para o jantar, a pensar como lhe estará a correr a ficha de avalição de Matemática ou Língua Portuguesa, a pensar como vamos fazer para passar no supermercado e em casa da nossa mãe para lhe dar um beijinho (sim, porque as mães também são filhas!) e ainda assim chegar sem atrasos á escola para os ir buscar…e que ainda dava jeito ir á lavandaria, e que é preciso meter gasolina no carro e a conta da luz que está por pagar e hoje é o último dia!!! Assim de repente…parece uma canseira!

E é!

Mas, nós mães, chegamos para isto e mais qualquer coisinha!…e vê-los saudáveis e felizes é quanto basta – com umas horas de sono retemperador á mistura – para que no dia seguinte nos sintamos cheias de vigor e entusiasmo para mais um dia das nossas vidas: da nossa vida de mulher, da nossa vida de mãe e da vida dos nossos filhos!

Coragem, Mães! Bom ano lectivo!…

 

call mom

Crónica Call Mom por Manuela Barroso

Click to add a comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cronistas
do Bebé

More in Cronistas

ralhetes

Ralhetes, Palmadas e Castigos – Parte I

Foto Perfil blog

Uma palmada nunca fez mal a ninguém!

Foto Perfil blog

Educação e Parentalidade Positiva

Parceiros:
contacto: info@dobebe.com

Copyright © 2016 doBebe.com.