Cuidados com o Micro-ondas

4213

Mamãs:

Vamos já combinar uma coisa!

Quando se falar em micro-ondas, vocês nunca, mas nunca devem dizer que SÓ aquecem isto e aquilo. Resposta errada. Se não querem dizer a verdade…então está na hora de aprender uns truques que rentabilize este investimento lá de casa! Combinado?


Antes disso, queria dizer-vos que, ao contrário do que se diz por aí, o micro-ondas não é perigoso nem para os alimentos que nele se preparam, e nós ingerimos, nem para a pessoa que o acciona. De facto, este aparelho tem mais de 50 anos e até à data ninguém conseguiu provar isso!
Apenas é necessário ter em atenção que:
– O aquecimento não é homogéneo: deste modo poderá aquecer irregularmente a comida, resultando zonas frias e zonas quentes. Estas últimas podem resultar em insegurança microbiológica, porque bactérias presentes não serão eliminadas, e em perigo de queimadura para quem vai comer. Assim, a regra de ouro é mesmo aquecer bem os alimentos, mexendo bem a meio do tempo programado!
– O recipiente deve ser adequado para micro-ondas, preferencialmente vidro, cerâmica ou plástico próprio (mãmãs: obrigatório ver o simbolo de micro-ondas impresso na base!) caso contrário poderá estragar-se irremediavelmente!
– Cozinhar os alimentos sempre tapados (não fechados). Deste modo é possível preservar maior quantidade da água que o alimento contém e …muito importante…não suja nada! Boa?
(A figura em cima mostra a forma correcta como se devem dispôr os alimentos ponteagudos de modo a tirar melhor partido da distribuição heterogénea de calor e deste modo acelerar o processo de cozedura).

Draª Solange Burri
Licenciada em Microbiologia
Pós-Graduada em Segurança Alimentar
Especialista doBebé

Tags from the story
Written By
More from

Produtos biologicos

Deixo aqui um artigo onde muito sucintamente são abordadas as principais razões...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *