Dicas para a vida a dois!

bebe_pais_38938

bebe_pais_38938Existem segredos valiosos para melhorar a comunicação do casal. O primeiro é jamais fazer aquilo em que nós, mulheres, somos mestres: chamar o outro para discutir a relação. “Não transforme a conversa em um grande acontecimento”, aconselham os especialistas.

Os especialistas dizem que , isso poderá aterrorizar o companheiro, que imediatamente vai accionar suas defesas.
Como resolver, então? Empurrando os problemas para debaixo do tapete?
Não, mas aprendendo novas formas de abordá-los. Na opinião dos especialistas, o ideal é resolver um problema de cada vez, de preferência na hora em que ele surgir. Tente compreender o outro lado, pergunte se for necessário e desfaça mal-entendidos antes de reagir com indignação a qualquer coisa.

E, em vez de reclamar mil vezes sobre o mesmo assunto, tente não se manifestar quando a situação tensa ocorrer. Em algum momento, o parceiro acabará sentindo falta da sua intervenção. A conversa surgirá de forma mais natural e ele estará desarmado para ouvi-la. O sexo pode ser outro bom recurso ainda que, diferentemente do homem, a mulher não costuma sentir desejo se está magoada”. Sua recusa é um modo de expressar o seu desconforto.
Em alguns casos a intimidade resolverá alguns dos seus problemas.
Alguns temas são mais complicados. Falar da família do outro, por exemplo, exige cuidado extra – nesse campo , qualquer comentário pode irritar ou ferir. Problemas financeiros também têm levado muitos casais aos psicólogos, terapeutas e até divórcios.
E ninguém deve pressionar o parceiro que está a passar por uma reviravolta profissional. Ele vai sentir-se humilhado, quando precisaria de motivação. Porém, se essa situação se cristaliza e sente que carrega o outro nas suas costas, será necessário tomar uma atitude – nem tudo se resolve só com um conversa!.

Tags from the story
,
Written By
More from

O reflexo de sucção

O seu bebé começa a chuchar no dedo logo na sua barriga....
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *