Engravidar depois dos 35 anos

grav35.jpg

grav35.jpgAlém de se saber que a idade pode ser um factor determinante da fertilidade feminina, a mulher, após os 35 anos de idade, precisa adoptar cuidados adicionais antes de engravidar. O adiamento da gravidez é uma escolha muito comum das mulheres nos dias de hoje. É uma tendência mundial. Com isto, o número de grávidas ou mulheres que tentam  engravidar na faixa entre 30 e 40 anos tem aumentado nos últimos anos. São muitos os fatcores envolvidos na decisão de adiar a maternidade: a estabilidade profissional, a espera por um relacionamento estável, o desejo de atingir segurança financeira, ou, ainda, a incerteza sobre o desejo de ser mãe. Entretanto é importante alertar estas mulheres sobre as conseqüências desta decisão: a idade afecta a capacidade reprodutiva feminina.

A queda da fertilidade com o avanço da idade é um factor biológico. Estima-se que as hipoteses de gravidez por mês sejam de aproximadamente 20% nas mulheres abaixo de 30 anos, mas de apenas 5% nas mulheres acima dos 40. Mesmo com os tratamentos para infertilidade, como a fertilização in vitro, a fertilidade diminui e as hipoteses de um aborto espontâneo aumentam após os 40. Há várias explicações para esse declínio de fertilidade: condições médicas, mudanças na funções dos ovários e alterações na llibertação dos óvulos.

As mulheres de 40 anos também têm mais hipoteses de apresentar problemas ginecológicos, como infecções pélvicas e endometriose, que podem diminuir a fertilidade. À medida que a mulher envelhece, os seus óvulos também envelhecem, tornando-se menos capazes de serem fertilizados pelos espermatozóides.

Para prevenir a malformação fetal "pelo menos seis meses antes de engravidar, é preciso iniciar uma  suplementação com ácido fólico, que se estende até a 14ª semana de gestação. A função do ácido fólico é prevenir defeitos do tubo neural fetal, garantindo uma boa formação da medula espinhal e do cérebro do bebé.

{mosgoogle left}

Written By
More from

Cólicas e preso de intestinos

Questão:Sou a Ana Paula e tenho uma menina de 3 semanas.Desde que...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *