Actualidades

Estudo nacional revela desconhecimento dos pais para uma doença infantil que preocupa os pediatras

Estudo nacional revela desconhecimento dos pais para uma doença infantil que preocupa os pediatras
do Bebé

O “Estudo de Percepções na área das gastroenterites infantis por Rotavírus – visão de Pediatras e Pais”, apresentado hoje, revelou que 40% dos pais portugueses desconhecem a Gastroenterite Pediátrica por Rotavírus, uma doença que está entre as mais preocupantes para os pediatras e cujo diagnóstico é muitas vezes subestimado.

O estudo desenvolvido pela Spirituc teve como objectivo avaliar a percepção dos especialistas e pais sobre o Rotavírus. Os dados hoje apresentados revelam também que 9 em cada 10 pediatras consideram a vacina como uma medida decisiva no controlo da doença. Da mesma forma, os especialistas em saúde pediátrica defendem que hábitos de higiene podem ajudar na prevenção da infecção, tais como lavar as mãos.

 

Por parte dos pais, o estudo revela que o desconhecimento relativamente à doença é elevado, já que, mesmo entre aqueles que reconhecem a existência da patologia, 45,6% assume não saber da existência de uma vacina.

 

Considerada pelos pediatras como a doença que mais probabilidade tem de atingir as crianças até aos cinco anos, a Gastroenterite Pediátrica por Rotavírus é responsável por cerca de 50% dos casos de Gastroenterite aguda, em bebés e em crianças.

 

Na Europa, estima-se que ocorram todos os anos 87.000 hospitalizações e mais de 700.000 consultas médicas a crianças até aos 5 anos de idade, por gastroenterite a Rotavírus. Em Portugal, não estão disponíveis dados acerca da incidência da doença, o que pode contribuir para a falta de informação dos pais.

 

Reconhecendo a importância deste problema, a Sociedade Portuguesa de Pediatria criou em Outubro último o site: www.rotavirus.com.pt. Os resultados deste estudo e informação sobre o rotavírus vão estar disponíveis neste site para que um número maior de pessoas, essencialmente pais, educadores de infância e auxiliares de acção educativa tenham acesso a informação actual e fidedigna sobre a doença.

 

O estudo foi desenvolvido junto de um total de 502 pessoas, das quais 102 são médicos pediatras e 400 pais com filhos até aos 6 meses de idade, residentes em Portugal Continental.

Site www.rotavirus.com.pt

Click to add a comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Actualidades
do Bebé

More in Actualidades

fundação rui osório de castro

Workshop de Moda para Crianças do IPO de Lisboa

Mulher dá à luz a bebé ‘grávida’ de gémeos

operação nariz vermelho loja online

Operação Nariz Vermelho lança loja online

O MUNDO SECRETO DOS BEBÊS

O Mundo Secreto dos Bebês: Série mostra como pais devem agir quando bebés começam a falar

fetos de bebés em impressoras 3D

Empresa da Estónia cria “bebés” em impressoras 3D

Sangue de cordão

Sangue de cordão não é seguro de vida diz uma campanha no Brasil

bebés trocados

França indemniza famílias com bebés trocados

A Genética e fatores ambientais influenciam na evolução infantil

A Genética e factores ambientais influenciam na evolução infantil

Parceiros:
contacto: info@dobebe.com

Copyright © 2016 doBebe.com.