Febre

dra

Pergunta: 
Há dias tive um curioso debate sobre o conceito de febre e o que nós normalmente fazemos quando os nossos filhos estão febris. O que é que consideramos como febre? E em que circunstâncias administramos, por exemplo, um Ben-u-ron? Onde é que medimos a temperatura e que tipo de termómetros usamos?

No nosso caso, sempre consideramos a temperatura rectal como sendo a mais precisa, porque a Joana não gosta de sentir o termómetro debaixo do braço nem tão-pouco de ver um sensor auditivo a aproximar-se de si. A partir dos 37,5ºC considero que a Joana poderá vir a precisar de um Ben-u-ron se ela se manifestar inquieta, rabugenta, incomodada. Poderá ajudar também eu embeber uma compressa em água fria e passar-lhe pela testa e mãos, por exemplo, ou despir-lhe uma peça de roupa. São os chamamos "métodos naturais".

Mas, como em tudo, há opiniões que vão no sentido de não administrarmos anti-pirécticos a não ser que a temperatura se situe entre os 38-38,5ºC ou mais. Para quê recorrermos a um Ben-u-ron se a febre é uma reacção natural do organismo? Até aqui tudo bem, se não fosse uma opinião posterior, feita pela mesma pessoa que não concorda com a administração abusiva de anti-pirécticos, opinião essa que versava que, se o filho estivesse incomodado com uma dor de dentes, não hesitaria em facultar-lhe um Ben-u-ron, se a temperatura fosse de 36, 37 ou 38ºC!

Incongruências à parte, o que é que considera como febre? Como é que lhe devo medir melhor a temperatura? E qual é a sua posição relativamente aos anti-pirécticos?

Sofia

 

 

Resposta:
Febre a partir de quanto? Isso é controverso. Para já depende da idade da crança, da temperatura basal de cada indivíduo e também do local onde se coloca o termómetro. Há crianças que raramente fazem febres altas, outras que disparam logo para os 39º. As mães costumam saber como é a sua criança. Se é a primeira vez e tiver 37º e a criança estiver bem disposta é a guardar e vigiar. Se fôr febre alta deve-se baixar, porque há crianças que podem fazer convulsões febris. Pôr uma compressa fria ou despir alguma roupa também ajuda. Em relação á utilização como analgésico não é para usar indiscriminadamente, mas pode ajudar numa dôr de dentes ou ouvidos ou até post vacina incomodativa.
Aconselho-a a ver qual é a temperatura da sua criança em dia normal e a partir daí calcular o que é febre. A temperatura rectal mostra 8 décimos a mais que a temperatura axilar.

 

dra
Dra Isabel Cordeiro
Pediatra na ESCA
Geneticista Clínica, Serviço de Genética do Hospital de Santa Maria Lisboa
Especialista doBebe.com

Written By
More from

Fumo passivo pode trazer problemas para engravidar

Mulheres expostas ao fumo passivo na infância ou na vida adulta têm...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *