Gengiva doente pode levar a diabetes durante a gravidez, diz estudo

 Em geral, problema desaparece após parto, mas também pode persistir. Distúrbio está relacionado com aumento de nascimentos prematuros.
A saúde das gengivas está ligada diretamente ao bem estar e pode trazer problemas, como aumento do risco das doenças cardiovasculares, osteoporose, diabetes e doenças respiratórias. Um estudo realizado pela Universidade de Nova York demonstrou que a doença gengival pode aumentar as chances de uma gestante ficar diabética.

A diabetes gestacional acontece quando uma grávida apresenta taxas elevadas de glicose no sangue. Nessa situação existe uma dificuldade do corpo em entregar o açúcar, combustível necessário ao metabolismo adequado, para as células do corpo.

 

Os especialistas acompanharam mais de 250 gestantes durante os seis primeiros meses da gravidez. O acompanhamento consistia em exames de sangue com um teste de tolerância à glicose, exame específico para esse problema, além de avaliação odontológica completa. As gestantes que desenvolveram diabetes gestacional foram aquelas que apresentavam problemas nas gengivas. Quanto maior o sangramento ao escovar os dentes, maiores eram suas taxas de açúcar no sangue.

O diabetes gestacional habitualmente desaparece com o final da gravidez. Porém as mulheres que apresentaram esse problemas passam a ter um risco aumentado de desenvolver diabetes tipo 2 mais tarde durante a vida. A doença periodontal durante a gestação também está ligada à prematuridade. Essa nova evidência aumenta a importância do cuidado com a saúde da boca no início da gravidez para prevenir problemas mais tarde.

in G1 online

Written By
More from

Einstein em ponto pequeno

Oscar Wrigley cedo começou a demonstrar uma enorme capacidade de aprendizagem. Os...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *