Actualidades

Gravidez e maternidade com novas respostas ao nível do bem-estar

Gravidez e maternidade com novas respostas ao nível do bem-estar
do Bebé

A assistência na gravidez e o acompanhamento pós-parto são vertentes dos cuidados de saúde que não se limitam à vertente física e psíquica da
grávida e do bebé. Disso são exemplo as especialidades de Preparação para o Nascimento e Acompanhamento Pós-parto a cargo de Patrícia Silva.
Garantindo já serviços na área da obstetrícia e com o propósito de complementar a oferta em termos de cuidados de saúde e bem-estar no âmbito da maternidade, o Centro Médico Forjaz Sampaio, em Ponta Delgada, passou recentemente a disponibilizar as valências de Preparação para o Nascimento e de Acompanhamento Pós-parto.
Estando sob a responsabilidade da enfermeira Patrícia Silva, que também possui formação na área da saúde da mulher, tais valências, apesar de relativamente recentes entre nós, têm registado uma considerável procura, nomeadamente no que respeita ao Acompanhamento para o Nascimento. Com uma duração de dois meses, preferencialmente feito a partir das 28 semanas de gestação, o Acompanhamento para o Nascimento consiste em nove sessões, nas quais é dada formação à grávida e/ou casal nas mais diversas áreas. Como explica Patrícia Silva, “abordamos todas as alterações físicas e emocionais da mulher e procedemos também uma preparação física para o trabalho de parto, nomeadamente na parte da respiração e no controlo da dor. Mas também tratamos de tudo o que tem a ver com o recém nascido, desde preparar a mãe física e psicologicamente para a chegada de um novo elemento até à preparação do lar, passando pelos cuidados de higiene e planos de vacinação. Prestamos, inclusive, esclarecimentos acerca da parte legal, dos direitos da mulher, aonde se dirigir, etc.”
As consultas de Acompanhamento para o Nascimento são, como já referido, relativamente recentes entre nós, não havendo mais que dois ou três espaços que as realizam. Apesar de assumir ter havido uma boa procura, a enfermeira Patrícia Silva realça que localmente existe ainda “muita falta de informação” sobre os cuidados e acompanhamento que pode ser dado às grávidas, e que este nunca será de mais. Mas acredita que a situação poderá alterar-se rapidamente pois, como salienta, “a nível da comunidade, através dos centros de saúde, cada vez mais está-se a  despertar para isso, o que é óptimo. Cada vez mais na área da saúde materna o enfermeiro está a dedicar-se ao esclarecimento e são cada vez menos as mães que acham que não é um auxílio importante e é bom que essa mentalidade se desenvolva”. E explica porquê: “como se sabe, na grávida existem várias alterações hormonais, existem oscilações de humor, sendo uma fase de muita sensibilidade. A juntar a isso, hoje em dia cada vez mais temos uma sociedade exigente em que a mulher trabalha e precisa de cuidar do seu lar e depois do recém nascido, e nem sempre está preparada. As aulas servem para isso, para prestar esclarecimentos e preparar a mãe e o casal para todas as mudanças que o nascimento do bebé acarreta”.
A presença do pai ou companheiro é particularmente estimulada pela responsável, isto atendendo ao crescente papel que o homem tem em todo o processo de gravidez e nascimento, e no aprofundar do vínculo afectivo entre pai e filho que começa no útero. Como diz Patrícia Silva, “incentivamos para que a relação seja estabelecida muito antes do nascimento, seja através da massagem da parede abdominal, do falar com o bebé ou pela musicoterapia. É um facto que o vínculo afectivo entre pais e filho inicia-se muito antes do nascimento e essa vertente de procurarmos desenvolver melhor o relacionamento entre o casal e o bebe é fantástica, dá-nos um grande ânimo”, realça.
Menos procura têm tido as sessões de Acompanhamento Pós-parto, o que não surpreende Patrícia Silva, isto porque “após o nascimento a mãe fica completamente absorvida”.
Nesta vertente é geralmente dado mais enfoque ao acompanhamento da mulher, no sentido em que haja uma evolução mais célere de toda a parte física que se alterou durante a gravidez.
Para tal são orientados exercícios físicos específicos e adaptados a cada situação. Caso solicitado, é também feito acompanhamento ao nível emocional ou psíquico.

Preparação
para o Nascimento

Os cursos ou aulas de Preparação para o Nascimento são uma valência que já se vulgarizou um pouco por todo o país, promovida por centros clínicos, hospitais, associações e câmaras municipais, existindo inclusive empresas privadas especializadas no ramo.
Em São Miguel a  disponibilização em permanência é relativamente recente e actualmente encontra-se limitada a não mais que três espaços mas, dada a crescente procura, pode ser que venham a ser mais.
Sucintamente, o curso de Preparação para o Nascimento pretende transmitir saberes e competências à grávida e ao casal e contribuir para o desenvolvimento saudável da gravidez e do parto, até ao completo restabelecimento da mãe e também da afectividade entre os três.

in Açoreano Oriental

Click to add a comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Actualidades
do Bebé

More in Actualidades

fundação rui osório de castro

Workshop de Moda para Crianças do IPO de Lisboa

Mulher dá à luz a bebé ‘grávida’ de gémeos

operação nariz vermelho loja online

Operação Nariz Vermelho lança loja online

O MUNDO SECRETO DOS BEBÊS

O Mundo Secreto dos Bebês: Série mostra como pais devem agir quando bebés começam a falar

fetos de bebés em impressoras 3D

Empresa da Estónia cria “bebés” em impressoras 3D

Sangue de cordão

Sangue de cordão não é seguro de vida diz uma campanha no Brasil

bebés trocados

França indemniza famílias com bebés trocados

A Genética e fatores ambientais influenciam na evolução infantil

A Genética e factores ambientais influenciam na evolução infantil

Parceiros:
contacto: info@dobebe.com

Copyright © 2016 doBebe.com.