Gripe A: Haverá casos em todas as escolas

Haverá actualmente duas a três centenas de escolas com casos de gripe A, número que a Direcção-Geral da Saúde entende tornar-se irrelevante em breve. O H1N1 há-de chegar a todos os estabelecimentos, locais de fácil propagação.
Os dados foram ontem avançados pela subdirectora-geral da Saúde, à margem de uma reunião no Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças, em Estocolmo. "Normalmente estas epidemias começam em crianças e, muitas vezes, como é lógico, começam em crianças que estão em ambientes escolarizados, onde é muito fácil propagar-se", garantiu Graça Freitas, que espera um cenário semelhante ao da gripe sazonal: com casos em todas as escolas.

Questionada sobre o caso específico de Valença, onde terão sido infectados mais de 300 alunos, a responsável diz poder tratar-se "apenas de uma pequena onda pandémica local". Se, nos próximos dias, começarem a surgir muitos casos na comunidade, é porque as crianças podem ter passado o vírus para fora da escola. "Pode representar o início de um processo" pandémico.

O facto de a gripe A se espalhar deverá ajudar a que o H1N1 se torne no vírus da gripe sazonal, facto também favorecido pela vacinação. Relativamente a esta, Graça Freitas disse acreditar que se dissiparam as dúvidas dos profissionais. E os que recusam a vacina serão "a excepção e não a regra".

Do seu lado, Agostinho Marques, do Serviço de Pneumologia do Hospital de S. João, criticou os receios e garantiu não haver "nenhuma razão científica para não se tomar a vacina contra a gripe A. Para o médico, a existência destes receios é "atávica". E, por dever cívico, "os médicos devem vacinar-se". Isto porque, numa fase de posterior avanço da estirpe gripal, no terceiro trimestre, em que os hospitais vão ficar cheios, eles vão ser "vitais" para a comunidade.

in JN.sapo

Written By
More from

Dar de mamar protege a mãe

Vivemos com o nosso corpo, mas não lhe passamos cartão, preferindo nem...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *