Gripe A: os cuidados e os receios dos famosos

Vacinar ou não os filhos, usar ou não os desinfectantes, são algumas das dúvidas que crescem diariamente. Bibá Pitta, Catarina Furtado e Fátima Lopes contaram à Lux quais os cuidados e receios que estão a ter por causa da nova gripe e qual a sua opinião sobre a vacina contra a gripe A.

Questionada pela Lux sobre a gripe A, Bibá Pitta, mãe de cinco filhos, afirma que a população está a entrar em «histeria» o que, na sua opinião é infrutífero.

«A histeria aqui não adianta, porque os meus filhos têm que ir às aulas e não vão deixar de viver, nem eu», refere, acrescentando que não se sentiria «nada mais segura» caso os filhos fossem vacinados.

Para esta mãe de família, «a vida tem de continuar, as coisas têm que ir para a frente e os miúdos têm que ir para a escola». A nível de cuidados extras por causa da gripe A, Bibá Pita revela: «digo aos miúdos para se agasalharem bem e desinfectarem as mãos em qualquer sítio que entrem».

Uma coisa Bibá Pita tem como certa, não se vacina nem vacina os filhos até indicação ao contrário.

«Não vou vacinar nem os miúdos, não me vou vacinar a mim», afirma, acrescentando que «é inevitável que com cinco filhos não fiquem os cinco com gripe». «E se ficar ficam», remata.

Também Catarina Furtado, apresentadora e mãe de dois filhos, afirma que «para já» não vai «tomar a vacina».

«Para já, a minha impressão é que não [vou tomar]. Mas posso mudar muito rapidamente [de opinião] desde que me convençam que realmente é o melhor, porque quem sabe disso são os médicos», revela.

Quanto aos cuidados que tem tido, Catarina Furtado afirma que tem tido os mesmos cuidados que tem tido «para todos os invernos».

«Não estou a fazer nenhuma espécie de cuidados diferentes lavo um bocadinho mais as mãos, uso o antibacteriano, tenho em casa um deles e uso, mas não estou alarmista», revela.

Para esta «mãe atenta», o importante é ser ponderado e calmo, sem «relaxar», considerando que «as pessoas, às vezes são demasiado displicentes com coisas que são tão mais imediatamente perigosas, como por exemplo, a queda numa piscina (primeira causa de morte infantil em Portugal).»

Por seu lado, Fátima Lopes, apresentadora e mãe de dois filhos, evidencia que o facto de haver opiniões diferentes, por parte dos médicos, em relação à vacina «confunde a população em geral».

A apresentadora refere que «não vai vacinar os filhos», mas caso o médico o aconselhe «não hesita».

«Por mais informada que eu me sinta como mãe, acho que fico muito mais descansada se ouvir a opinião de um profissional, principalmente se esse profissional tiver muitos anos de experiência, como é o caso do pediatra dos meus filhos», afirma Fátima Lopes, acrescentando que «se ele me disser para dar a vacina e dou, se ele me disser para não dar não dou».

Quanto aos cuidados que está a ter por causa da gripe A, a apresentadora refere que a única alteração que fez foi a de que «qualquer pessoa que entre em casa, antes de tocar em qualquer coisa, tem de lavar as mãos com desinfectante».
 
in http://www.lux.iol.pt/nacionais/

Written By
More from

20 brincadeiras de Verão

Você se lembra de como aguardava as férias ansiosamente, louca pra ficar...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *