Igreja ensina como definir sexo do bebé

23456

O movimento ligado à Diocese de Braga está a ensinar um  método que  pode vir a ajudar a engravidar e a escolher entre filhos e filhas. As probabilidade de ter uma menina aumenta se a relação sexual ocorrer nos dias antes da ovulação.

Apostaram com o obstetra que o primogénito seria um rapaz e, há três anos, nasceu o Diogo. Depois, optaram por uma filha, a Inês, que tem um mês de vida. Defensores do método de contracepção natural sintotérmico, José Marinho e a mulher, Conceição, dizem ser possível determinar o sexo dos filhos, com um grau de probabilidade entre 80 a 85 por cento. O método já resultou em vários casais portugueses e estrangeiros.

O processo assenta na definição da fase ovulatória da mulher – que normalmente dura cinco dias –, dentro do ciclo de 28 dias entre menstruações. Quem não quiser engravidar, basta abster–se de ter relações sexuais nos cinco dias ‘críticos’. Caso pretenda ter um bebé e escolher entre menino e menina, a probabilidade de vir a ter uma filha aumenta se a concepção decorrer nos dias antes da ovulação, quando o muco cervical está mais espesso, favorecendo os mais resistentes cromossomas X (femininos). À medida que a fase ovulatória avança para o fim – potencialmente o quinto dia –, o muco torna-se mais líquido, aumentando o sucesso do cromossoma Y (masculino), menos resistente, mas mais rápido.

‘Não é nenhuma descoberta milagrosa. Apenas a conjugação de métodos naturais sustentados no conhecimento profundo do próprio organismo humano’, disse ao CM o professor de Educação Moral José Marinho, que lidera o Serviço de Entreajuda e Documentação Conjugal, movimento da Diocese de Braga que inicia no próximo dia 24 um curso de Planeamento Familiar Natural.

Sem recurso a preservativos, laqueação, pílulas ou qualquer produto químico, José e Conceição Marinho já levam sete anos de casados, assumindo-se como exemplo da eficácia contraceptiva do método sintotérmico. A experiência tem sido exercitada por 13 casais minhotos que seguiram o curso de formação no ano passado, a par de famílias de França e da Alemanha, que conseguiram ainda concretizar os desejos no que diz respeito ao sexo dos filhos.

José Marinho salvaguarda que a eficácia do método sintotérmico para evitar a gravidez não planeada é de ‘cem por cento’.

TRÊS MESES DE AULAS

O curso sobre o método sintotérmico arranca dia 24. Dura três meses e as inscrições estão limitadas a noivos e casais, jovens com mais de 20 anos e profissionais da Saúde.

Written By
More from

Passatempo Árvore de Natal

Passatempo do Mês Tema livre escolhido pelo Portal Dobebé! Tema: Arvóre de Natal -...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *