Investigação portuguesa das celulas estaminais das mais avançadas

A  investigação com células estaminais em Portugal está entre as mais avançadas do mundo, nomeadamente nas áreas da engenharia de tecidos e da medicina regenerativa, e existem cada vez mais empresas a oferecer este tipos de serviços. Para Luís Reis, presidente da Sociedade Portuguesa de Células Estaminais e Terapia Celular, “estamos bastante à frente na expansão celular, temos um trabalho de muita qualidade na regeneração de osso, cartilagem e pele, por exemplo, e há muito trabalho ligado às células estaminais em neurociências”.
As células estaminais são aquelas que têm a capacidade de se diferenciar em vários tipos celulares e de se renovar e dividir indefinidamente. No caso das que se encontram no sangue do cordão umbilical, o seu isolamento e criopreservação – que significa conservação através de congelação – proporciona aos recém-nascidos e seus familiares a sua eventual utilização no tratamento de doenças que venham a contrair ao longo da vida.

 

Written By
More from

A bebé mais velha do mundo

Zoey Penny é a criança mais nova do mundo com a doença...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *