Mãe em surto psicótico mantinha criança trancada dentro de casa em Campo Grande, diz polícia

Uma criança de 5 anos era mantida em cárcere privado em uma casa no Bairro Nova Lima, em Campo Grande. O caso foi descoberto há dois dias, depois de uma denúncia. Segundo o que foi apurado até agora, a mãe, de 40 anos, sofre de esquizofrenia. A mulher acreditava que ela e a criança eram perseguidas. Os vizinhos contararam que nos últimos três anos a criança não saia de casa, não frequentava a escola e também não convivia com outras pessoas.

A polícia acredita que a mãe da menina tenha tido um surto psicótico, por isso tinha mania de perseguição e não permitia que outras pessoas se aproximassem da casa. A criança vivia dentro de casa com alguns brinquedos e apenas à luz de velas. Portas e janelas estavam vedadas.

A menina era mantida trancada dentro de casa, sem luz. A mãe mandou cortar a energia e lacrou o portão. Durante os últimos meses a casa ficou em total abandono, mas com mãe e filha morando no local. Parentes e vizinhos eram expulsos pela mulher sempre que buscavam informações. A criança foi resgatada pelo Conselho Tutelar na quinta-feira.

Na segunda-feira o Juizado da Infância e Juventude vai decidir o destino da criança que, por enquanto, está sob a tutela do Estado. A mãe foi encaminhada para tratamento psiquiátrico.

in /oglobo.globo.com

Written By
More from

Após infanticida francesa, Holanda investiga mãe suspeita de matar três bebês

Uma holandesa de 25 anos foi presa por supostamente matar ao menos...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *