Mãe ressuscita após dar à luz

Uma mulher do estado americano do Colorado, que deu entrada no serviço de urgência do Memorial Hospital em trabalho de parto, ressuscitou após dar à luz na véspera de Natal. Ela tinha sido dada como morta pelos médicos. O bebê, que nasceu sem sinais vitais, também foi salvo.

O coração de Tracey Hermanstorfer, 33 anos, parou de bater depois que ela recebeu anestesia peridural. O bebê não dava sinais de vida quando foi retirado do ventre da mãe numa cesariana de emergência. “De um momento para outro ela começou a sentir sono, fechou os olhos e então deixou de respirar. Ficou cinzenta como um fantasma”, declarou o marido, Mike Hermanstorfer, 37, que acompanhou a mulher no hospital.

Os médicos tentaram reanimar Tracey durante alguns minutos, sem sucesso. Stephanie Martin, diretora do serviço de obstetrícia do hospital, atestou:“Está morta”.

CESARIANA SEM ANESTESIA

Por isso, os médicos resolveram salvar a criança e submeteram a mulher a uma cesariana sem anestesia. Mas o bebê também não respirava. Tinha nascido morto. “Ele estava completamente sem vida”, assegurou a obstetra.
“Metade da minha família estava ali na minha frente. E não há outra maneira de dizer isso: estava morta. Eu segurava a mão da minha mulher quando percebi que ela se foi”, disse Mike.

A sensação de desespero do marido não durou muito tempo: logo depois de retirarem o bebê, Tracey passou a dar sinais de vida, supreendendo a equipe médica. “Quando puxei o bebê, o coração da mãe recomeçou a bater, depois de quatro ou cinco minutos sem batimentos e de sete sem respirar. Não tenho explicação para o que aconteceu”, disse Stephanie. E os médicos também afirmam que nem os vários exames feitos depois serviram para o elucidar o fenômeno.

E a supresa não acabou por aí. Minutos depois, os esforços dos médicos para tentar reanimar o bebê foram recompensados. O menino passou a respirar. O casal, que já tinha dois filhos, teve que ir ao hospital sete semanas antes da data prevista para o parto.

Depois de passarem cinco dias no hospital e terem uma recuperação impressionante, a mãe e o filho, batizado de Coltyn Mikel Hermanstorfer, não só tiveram alta como ainda apareceram ao vivo no popular programa de TV ‘Good Morning America’. “Tive uma segunda chance na vida”, disse Tracey no programa. Já o pai diz que só há uma explicação para o que aconteceu: “Foi um milagre de Natal”.

 

in http://odia.terra.com.br/

Written By
More from

Amamentação diminui risco de asma nas crianças

Uma equipa de investigadores britânicos acaba de confirmar mais um benefício da...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *