Actualidades

Mais de 18 mil mulheres interromperam voluntariamente a gravidez

Mais de 18 mil mulheres interromperam voluntariamente a gravidez
do Bebé

Mais de 18 mil mulheres interromperam voluntariamente a gravidez em hospitais públicos e privados, em 2008. No dia em que faz dois anos que o «sim» ganhou no referendo ao aborto fica-se a saber que a maior preocupação das mulheres é ainda a exposição.
As conclusões surgem no balanço da Linha Opções, um serviço telefónico que esclarece dúvidas sobre a Interrupção Voluntária da Gravidez. A linha atende uma média de 60 a 70 chamadas por mês. As mulheres que telefonam têm na maioria entre os 20 e 35 anos.

No total mais de 18 mil mulheres abortaram em 2008, sendo que 17 511 foi por opção. Quem está no terreno rejeita a teoria da banalização.

Para melhorar as práticas na Interrupção Voluntária da Gravidez, vários especialistas reuniram-se esta quarta-feira, na Gulbenkian, sendo que todos partilham de que a opção mais completa é a mais informada.

in TVI

Click to add a comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Actualidades
do Bebé

More in Actualidades

fundação rui osório de castro

Workshop de Moda para Crianças do IPO de Lisboa

Mulher dá à luz a bebé ‘grávida’ de gémeos

operação nariz vermelho loja online

Operação Nariz Vermelho lança loja online

O MUNDO SECRETO DOS BEBÊS

O Mundo Secreto dos Bebês: Série mostra como pais devem agir quando bebés começam a falar

fetos de bebés em impressoras 3D

Empresa da Estónia cria “bebés” em impressoras 3D

Sangue de cordão

Sangue de cordão não é seguro de vida diz uma campanha no Brasil

bebés trocados

França indemniza famílias com bebés trocados

A Genética e fatores ambientais influenciam na evolução infantil

A Genética e factores ambientais influenciam na evolução infantil

Parceiros:
contacto: info@dobebe.com

Copyright © 2016 doBebe.com.