Matou bebé ao dar-lhe medicamento que era para a mãe

Recém-nascido tomou medicamento prescrito à mãe para estancar hemorragia provocada pelo parto
Um erro médico provocou a morte de recém-nascido este domingo no hospital de Ferrol, em Espanha, quando os funcionários daquele estabelecimento de saúde administraram um medicamento ao bebé que tinha sido prescrito à sua mãe.

O fármaco, que foi injectado minutos depois de nascer, provocou uma paragem cardíaca que resultou na morte da bebé, 24 horas depois. Segundo fontes citadas pelo jornal «El País», os responsáveis pela administração aperceberam-se do erro ainda durante o acto, tendo transferido ao bebé para o bloco de urgências de imediato.

«Foi um erro que o centro assume» e pelo qual «todo o hospital» se responsabiliza, declarou a porta-voz do hospital Arquitecto Marcide de Ferrol, localizado na Corunha.

Apesar do parto não ter tido quaisquer complicações, foi receitado à mãe da bebé ergotamina, um fármaco vasoconstritor habitualmente usado em casos pós-parto para estancar a hemorragia.

«Tanto a equipa como a assistência prestada eram adequadas», adiantou o hospital, no entanto, ocorreu «uma falha que está a ser investigada» de forma exaustiva.

A mãe da bebé continua hospitalizada naquele estabelecimento, tendo requerido assistência psicológica, tal como o seu companheiro e familiares.

O centro recusou-se a identificar a pessoa que injectou o fármaco.
 

Written By
More from

Suri pode não ser filha de Tom Cruise

Suri, filha de Katie Holmes e Tom Cruise, pode não ser filha...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *