Mulher induz parto para que marido visse filha antes de morrer

Uma americana decidiu antecipar em duas semanas o nascimento de sua filha para que o pai da criança

, diagnosticado com apenas alguns dias de vida, pudesse pegá-la no colo antes de morrer.

Mark Aulger, morador da cidade de The Colony (Estado do Texas), foi diagnosticado com câncer de cólon em abril do ano passado. Após seis meses de quimioterapia, ele foi curado do tumor, mas seus pulmões sofreram os efeitos do tratamento.

Com dificuldade de respirar, Mark descobriu no início deste ano que tinha fibrose pulmonar. “Era como se os seus pulmões estivessem impregnados por concreto. Eles não conseguiam inspirar, não conseguiam passar oxigênio para o resto de seu corpo. Então ele essencialmente morreu sufocado”, afirmou sua mulher, Diane à rede de TV WFAA-TV.

Internado em um hospital no início de janeiro, Mark foi informado pelos médicos de que tinha poucos dias de vida. Foi quando sua mulher, grávida de oito meses, decidiu antecipar o nascimento da filha, induzindo o parto.

A menina Savannah nasceu em 18 de janeiro. “Ele (Mark) foi a primeira pessoa a segurá-la, e ele a segurou por 45 minutos”, disse Diane. Mark entrou em coma pouco após ver sua filha, vindo a morrer cinco dias depois, aos 52 anos.

Diane disse à WFAA-TV que colocou Savannah no colo de seu marido pouco antes de sua morte. Segundo ela, Mark estava muito entusiasmado para ver o nascimento sua filha, a quem ele chamava de “um raio de sol em nossa tristeza”. Além da recém-nascida, o casal teve outros quatro filhos.

Written By
More from

Prisão de ventre

Pergunta:  Ela tem o intestino preso, na comidinha dela coloco batata, mandioquinha,...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *