Nasceu a primeira bebé sem gene do cancro da mama e do útero

Nasceu ontem, em Londres, o primeiro bebé geneticamente seleccionado para não desenvolver cancro.
A criança tinha entre 50 e 80 por cento de hipóteses de contrair cancro da mama e até 60% de probabilidades de ter cancro do útero. Doenças que afectaram grande parte da família do pai, devido à presença de um gene mutante, o BRCA1.
Os pais da criança consultaram médicos de fertilidade e acabaram por aceitar que a bebé fosse sujeita a uma selecção genética, que deverá impedir que a criança tenha cancro devido à mutação do gene.

 

Written By
More from

Plano Nacional de Leitura apresenta balanço quinta-feira

O Plano Nacional de Leitura (PNL) apresenta quinta-feira um balanço das actividades...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *