Nutrição e Exercício

uy

Uma dieta saudável e equilibrada tem que conter as doses diárias de hidratos de carbono, proteínas, gorduras,minerais e vitaminas essenciais para si e para o seu bebé.
Atum, salmão, peixe-espada
Estes peixes  acumulam mercúrio metílico, que ingerido em quantidade pela mãe pode prejudicar o desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso do bebé. Prefira o peixe mais pequeno.
Quanto ao peixe de rio, também não é muito seguro: pode estar contaminado com alguma bactéria ou agentes químicos.

Peixe e marisco crus
Reduza os riscos de intoxicação alimentar, evitando peixes e mariscos crus ou mal passados. São especialmente vulneráveis à contaminação por vários tipos de bactérias.

Ovos e carne mal passada
A carne mal passada seja qual for a sua origem – pode conter bactérias ou vírus, um dos quais aquele que provoca a infecção por toxoplasmose. Por isso, se não está imune, evite bifes em sangue, bife tártaro ou outros pratos em que a carne não tenha sido bem passada.
O mesmo acontece com os ovos. Não os consuma com a gema ainda líquida.

Queijos moles não pasteurizados
Para evitar o contágio por listeria, evite produtos de origem láctea não pasteurizados (como queijos moles camembert, brie, feta), queijos com veio azul, o fiambre, os patés frescos (nos de conserva não há riscos), o salmão fumado (não cozinhado) e os vegetais crus que não tenham sido muito bem lavados ou desinfectados.

Café
Beber um ou dois cafés por dia não tem contra-indicações e até pode ser benéfico para quem tem a tensão arterial demasiado baixa. O excesso de cafeína aumenta o risco de aborto e de baixo peso à nascença
O exercício físico na gravidez contraria a tendência de engordar ou ficar deselegante, em particular nos últimos três meses. Aumenta a circulação sanguínea e pode ajudar a aliviar a sua tensão. O parto torna-se mais fácil se tiver um bom tónus muscular e muitos dos exercícios ensinados nas aulas de preparação para o nascimento, combinados com as técnicas de relaxamento e respiração, ajudarão a confiar no seu corpo durante o parto. 

Benefícios

Aumento de energia
Melhoria na circulação sanguínea
Melhoria da postura
Alivio das dores de costas
Músculos tonificados e fortalecidos
O exercício também queima calorias, pelo que impede um excessivo aumento de peso e ajuda a mulher a recuperar a figura depois do parto. Ajjudará a relaxar, a sentir-se melhor consigo própria, contribui para um sono tranquilo e ajuda a controlar a diabetes gestacional. Ainda assim consulte o seu Médico.

 

 Gostou deste artigo seja a primeira a comentar.

Written By
More from

Madeleine: Advogado de Gonçalo Amaral admite recorrer se quantias do arresto forem “significativas”

O advogado de Gonçalo Amaral admitiu hoje que se as quantias do...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *