O leite materno

leite(3)

O leite materno é, sem dúvida, o melhor alimento para o recém – nascido. O leite humano contém factores capazes de proteger o lactente contra infecções. Possui elementos que favorecem o seu crescimento e desenvolvimento neurológico, factores que diminuem sua susceptibilidade diante de certas doenças da infância e até mesmo da sua idade adulta, sem falarmos nos benefícios que acarreta para a saúde da mãe.
Ele é muito mais que um simples alimento: é um líquido especial e muito complexo, contendo mais de 100 ingredientes. Além dos nutrientes, contém factores antibacterianos, antivírus, antifecciosos e antiparasitórios. É composto de hormônios, enzimas que auxiliam no crescimento e nas propriedades imunológicas do bebé. Além de ser um alimento “que não custa nada” e não está sujeito ao desperdício. É fornecido sempre na temperatura certa e está sempre disponível quando necessário e não precisa de preparo.

As vantagens para o seu bebé:
1) Menor incidência de infecções gastrointestinais e do aparelho respiratório, durante o período neonatal.
2) Maior protecção contra a cárie dental e, possivelmente, menor incidência de maloclusão.
3) Menor incidência de otite média.
4) Incidência mais baixa da diabetes de início juvenil.
5) A administração de leite humano em bebés prematuros é de extrema importância para o seu desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso central.
6) Diminuição de certos tumores malignos da criança, tais como linfoma e doença de Hodgkin.
7) Certas doenças alérgicas podem vir a ser menos graves.

As vantagens para a mãe:

1) Menor incidência do cancro de mama durante a pré – menopausa, assim como alguns tipos de cancro do ovário.
2) Menor incidência de fractura de colo do fémur, nas mulheres de mais de 65 anos.
3) Prolongamento do período de infertilidade após o parto.
4) Contribui para que a mãe perca peso de maneira natural.

Vale ressaltar das vantagens psicológicas para o relacionamento entre mãe e filho. Faz parte de todo o processo de vinculação que se estabelece muito antes do nascimento do bebé e que contribui para fortalecer os laços sólidos entre os dois, é fundamental que a mãe seja sensível e atenta aos comportamentos e sinais transmitidos pelo seu filho, para que este se sinta compreendido. Desta forma, a mãe ao interagir com o seu filho, vai reforçar o seu comportamento conferindo-lhe a segurança e estimulando-o a desenvolver novas aquisições.

Até à próxima

Dr.ª Daiane Rocha.
Especialista em Linguagem e Estética da Face. do Portal dobebe.com
Mestranda em Psicopatologia da Comunicação e da Linguagem.
www.daianerocha.com
www.linguagemefala.blogspot.com


 

Tags from the story
Written By
More from

O que são os EEs?

Sempre que o consumidor dispensa alguns minutos para analisar o rótulo das...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *