Parto normal aumenta sensibilidade

Esta pesquisa foi feita apartir da medição  de áreas ‘maternais’ do cérebro.


Uma pesquisa publicada na revista científica “The Journal of Child Psychology” sugere que pode haver um elo mais poderoso entre mães que tiveram  os seus filhos por parto normal e os seus bebés do que aquele que existe entre mães e os seus filhos nascidos por cesariana. Segundo os pesquisadores, a primeira categoria de mães é mais sensível ao choro de seu próprio filho, a julgar pelo padrão de activação cerebral materno, medido com a ajuda de ressonância magnética de duas a quatro semanas depois do parto.

 

Para ser mais exato, a resposta das mães que fizeram um  parto normal aparece em regiões do cérebro ligadas à regulação de emoções, motivação e comportamentos habituais. A conclusão faz algum sentido diante do aparente elo que existe entre o parto por cesariana e um risco aumentado de depressão pós-parto, verificado em mulheres, e também do cuidado diminuído com a cria presente em animais cujos filhotes não nascem por via vaginal. 

Os conhecimentos actuais sobre o parto normal também indicam que ele ajuda a desenvolver os circuitos cerebrais ligados ao apego pelos recém-nascidos. Exemplo disso é a libertação periódica de oxitocina, a famosa “hormona da confiança” (ou “hormona do apego”) durante o nascimento natural.

 

 

Written By
More from

Policia amamenta Bebé

Por detrás desta tragédia descobre-se histórias comoventes, como a de Yiang, uma...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *