Planear o parto

81

O que é?
O plano de parto é composto pelo conjunto de preferências da grávida/casal relativamente ao parto, sobre os quais pensou e reflectiu.
É importante, no entanto, que este plano seja flexível e que a grávida esteja disposta a alterá-lo. Isto porque o nascimento não é um evento previsível, cada parto será único e especial e poderão surgir imprevistos.


Por outro lado as suas decisões podem ser influenciadas por outros factores incluíndo o modo como se sente no momento.

Porque fazer?

Porque hoje em dia na maioria dos hospitais o parto é medicalizado/instrumentalizado de forma rotineira. Se pensarmos no nascimento como um evento fisiológico, normal e saudável não existe motivo para dar o mesmo tratamento a todas as mulheres independentemente de haver ou não uma patologia. Hoje em dia sabemos que apenas 15% a 20% dos partos necessitam efectivamente de intervenção médica.
Por outro lado, certas praticas hospitalares, não defendidas pelas evidências ciêntificas, ou seja, que não trazem qualquer benefício para a grávida ou para o bebé, podem tornar-se bastante constrangedoras para a parturiente, podendo inclusivé dificultar o bom desenrolar do trabalho de parto.
A futura mãe também deve ter o direito de decidir acerca de questões relativas ao bebé como o facto de pretender amamentar na primeira meia hora de vida ou quem será a pessoa que ficará com o bebé no caso de ter que ser submetida a uma anestesia geral.

Exemplo de um Plano de Parto

Em baixo segue uma lista de items acerca do parto, com várias opções. Experimente assinalar aquelas que mais se adecuam ao seu caso.

Parceiros de parto
Gostaria que assistissem ao meu parto as seguintes pessoas

– Companheiro/marido
-Amiga/o
-Familiar
-Doula
-Outros filhos

Indução

-Preferia que não me provocassem o parto
-Só aceito a indução por razões médicas
-Preferia que o parto fosse provocado

Trabalho de parto

-Gostaria que não me realizassem enema (clister)
-Gostaria que não me realizassem tricotomia (rapagem dos pelos púbicos)
-Quero ser capaz de andar e saír da cama, se possível.
-Gostaria de beber e comer qualquer coisa enquanto for capaz
-Gostaria de circunscrever ao mínimo o número de exames vaginais
-Prefiro que não me coloquem soro (apenas se necessário) ou ocitocina
-Gostaria de poder usar o chuveiro no decorrer do trabalho de parto
-Gostaria que não me rompessem artificialmente as membranas desde que o bebé esteja bem

Monotorização

-Não desejo que o bebé seja continuamente monitorizado a menos que esteja em risco

Gestão da dor

-Desejo ter um parto natural e não quero receber medicação para as dores durante o trabalho de parto
-Gostaria de uma epidural o mais cedo possível
-Gostaria de uma epidural mais para o fim do trabalho de parto
-Gostaria de receber medicação para as dores apenas se eu a solicitar
-Gostaria de poder usar meios não farmacológicos para o alívio da dor (uso da bola de parto, massagens, chuveiro, etc)

Episiotomia

-Preferia que não me fizessem uma episiotomia a menos que seja necessária para a segurança do bebé
-Prefiro que me façam uma episiotomia

Parto

-Gostaria de poder escolher a posição em que me sentir mais confortável no momento do nascimento
-Gostaria de fazer força apenas quando tiver vontade
-Gostaria de ter música ambiente na sala
-Gostaria que baixassem as luzes e houvesse um ambiente calmo no momento do nascimento

Cesariana

-Se necessitar de uma cesariana de emergência gostaria que o meu companheiro pudesse estar presente
-Desejo que a anestesia seja epidural
-Se tiver que fazer anestesia geral quero que seja (nome da pessoa) a pegar no bebé quando ele nascer

Pós-parto

-Gostaria de pegar no meu bebé imediatamente após o nascimento
-Quero esperar que o cordão umbilical pare de pulsar antes de ser cortado
-Gostaria de aguardar pela expulsão expontânea da placenta, com o auxílio da amamentação
-Gostaria que fosse o meu companheiro a cortar o cordão
-Tenciono amamentar o meu bebé na primeira meia hora de vida
-Gostaria que não oferecessem chuchas ou biberon ao bebé sem o meu consentimento
-Gostaria de ficar sempre junto do bebé mesmo para as suas avaliações/exames

Uma vez elaborado o Plano de Parto, que deverá ser o mais sucinto possível, deverá entregar uma cópia a todas as pessoas que irão estar envolvidas no parto. Deverá ainda entregar uma cópia à administração do hospital onde irá nascer o seu filho e outra deverá ser anexada ao seu livro verde da grávida.

Fontes:
http://www.amigasdoparto.com.br
http://www.amigasdoparto.org.br
http://www.humpar.org/
A Bíblia da Gravidez, Drª Anne Deans, Editorial Estampa

Sofia Carvalho
Mãe, Doula, Educadora Perinatal e
Conselheira em Aleitamento Materno.
Especialista doBebe.com

Written By
More from

Sugestão: Feira dos Brinquedos no Continente

O mundo encantado dos brinquedos está de volta ao Continente! Para alegrar...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *