Processos de adopção perdem isenção de custas

Os Processos de adopção vão perder isenção de custas judiciais.

É já partir de Setembro, quem iniciar um processo judicial para adoptar uma criança terá de avançar com 576 euros relativos a custas judiciais que até agora não existiam.
António José Fialho, Juiz de Direito do Tribunal de Família e Menores do Barreiro explicou em declarações à Lusa que ao abrigo da lei ainda em vigor todos os processos judiciais de adopção estão isentos de custas judiciais, quer no inicio quer no fim do processo.
No entanto, com o Regulamento das Custas Processuais, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 34/2008, de 26 de Fevereiro, a partir de 1 de Setembro de 2008 os processos de adopção deixam de beneficiar de isenção de custas.

Written By
More from

Leite materno… sempre!

A Organização Mundial de Saúde, em associação com a UNICEF, recomenda amamentação...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *