Rodrigo recebe medula de dadora alemã e está a recuperar bem

O bebé madeirense que necessitava de um transplante de medula e provocou uma onda de solidariedade para encontrar um dador compatível, foi ontem submetido à intervenção cirúrgica em Lisboa, disse à Lusa fonte da família.Fonte familiar confirmou à agência Lusa que a operação a Rodrigo "correu bem. Ele está bem disposto".

"Passado pouco tempo até colocava a mão no vidro do isolamento e gralhava", pelo que confiamos que vai recuperar bem. Agora é aguardar", afirmou a familiar.

Depois de tantos meses de angustia, a família "está confiante, embora saiba que o tratamento vai ser doloroso", acrescentou.

A operação foi realizada no Instituto de Oncologia de Lisboa, durou cerca de 30 minutos e serviu para transferir os 30 mililitros de medula.

Ao Rodrigo foi diagnosticado uma leucemia linfoblástica aguda quando tinha apenas seis semanas de idade, o que levou o pai, um nutricionista, a fazer um apelo público para encontrar um dador compatível.

O pedido gerou uma onda de solidariedade que levou muitas centenas de madeirenses ao Hospital Central do Funchal para exames, uma busca que ultrapassou as fronteiras nacionais.

Só quase no limite de tempo, em Abril, foi encontrada a dadora totalmente compatível, uma alemã que aceitou prontamente doar a medula para o bebé madeirense.

Rodrigo foi várias vezes descrito pelo pai em entrevistas como "um valente", pois contornou diversas complicações, passou por quimioterapia, uma pneumonia, uma infecção.

Agora com oito meses, a intervenção cirurgia a que o Rodrigo foi submetido de ontem, "todos esperam que tenha sido o passo decisivo para conseguir vencer a doença", disse o mesmo familiar.
 

in Expresso.pt

Written By
More from

Exposição a telemóveis

Um Estudo realizado revela que as crianças cujas mães usaram telemóveis durante a...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *