Saúde infantil em manual para mães emigrantes

manual_bebe

Está a ser lançado, a nível nacional, o primeiro manual de saúde Infantil para as mães de comunidades imigrantes residentes em Portugal. “Como cuidar do seu bebé”, é um manual pedagógico bilingue disponível em português/francês, inglês, romeno, russo ou chinês, idealizado por um grupo de profissionais ligadas à área de saúde infantil.

“Como cuidar do seu bebé” é um projecto idealizado pela pediatra Cândida Mendes e enfermeiras Fernanda Areias, Lúcia Feito Cano e Núria Simões, que conta com o patrocínio científico do Alto Comissariado da Saúde e da Sociedade Portuguesa de Neonatologia, o apoio do Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural e o patrocínio da Angelini Farmacêutica.

Segundo últimos dados estatísticos, 10% da população activa em Portugal são imigrantes, 5% dos quais oriundos de mais de 150 países de todo o mundo. No acolhimento às grávidas e mães estrangeiras, os profissionais de saúde deparam-se por diversas vezes com uma barreira: a língua.

Para Cândida Mendes, “colmatar a dificuldade linguística, que em última instância, prejudica o acompanhamento e a aplicação correcta de cuidados de saúde é o objectivo principal para a criação do manual ‘Como cuidar do seu bebé’. Diariamente, chegam aos serviços de saúde nacionais, grávidas e mães imigrantes que não se conseguem fazer compreender e que não entendem as orientações passadas pelos profissionais que as recebem. Essa dificuldade de comunicação afasta muitas mães imigrantes do acesso a cuidados essenciais, o que não pode nem deve acontecer”, esclarece a pediatra.

Núria Simões, enfermeira e uma das profissionais responsáveis pelo projecto, explica que “estes manuais bilingues ensinam, de forma simples, os primeiros cuidados a ter com o recém-nascido ao nível da desinfecção do cordão umbilical, mudança de fralda, cuidados de higiene, amamentação, cólicas, manobras de desengasgamento e do teste do pezinho” .

Os manuais de saúde infantil ‘Como cuidar do seu bebé’, em versão francês, inglês, romeno, russo, chinês ou ucraniano, estão a ser disponibilizados gratuitamente em centros de saúde, hospitais e associações de imigrantes de todo o país, com maior incidência nas regiões centro e sul onde mais se concentra a população estrangeira.

De futuro, está já projectada a criação de um manual em crioulo.
 

Written By
More from

Creme de cenouras com endívias

Creme de cenouras com endívias (para bebés 4 meses) Ingredientes: 150 g...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *