Shiatsu na gravidez e no pós-parto

shiatsu

Shiatsu é uma técnica de acupressão desenvolvida no Japão, com raízes comuns à Medicina Tradicional Chinesa. Em Japonês shi significa dedo, e atsu significa pressão.  No Shiatsu são manipulados pontos específicos situados ao longo dos percursos dos meridianos corporais, com o intuito de equilibrar o fluxo energético. A este fluxo energético dá-se o nome de Qi, e pronuncia-se chiii, e pode também ser referido como Chee, Chi ou Ki.

 A abordagem que o Shiatsu permite é não invasiva, gentil e nutritiva, e a grávida encontra nas sessões apoio, calma, relaxamento e alívio.

 O Shiatsu é seguro durante a gravidez, pois através do trabalho específico dos meridianos, estes e os órgãos correspondentes são fortificados, aliviando e relaxando o tónus muscular de um modo geral.

As sessões de Shiatsu possibilitam à grávida e ao seu bebé benefícios mútuos, pois é equilibrado o Yin e Yang, assim como o Sangue e o Qi de ambos. A atenção ao tempo de gestação, características físicas, historial e envolvência da grávida são sempre imprescindíveis, assim como aos pontos contra-indicados neste estado. Durante todo o tempo de gestação as técnicas são suaves e exclusivamente adaptadas ao momento gestacional. Nos  três primeiros meses de gestação há tsubos (pontos no percurso dos meridianos abordados) e meridianos que não são tocados.

De um modo geral – mas concreto – o Shiatsu ajuda a mulher grávida no seu dia-a-dia, tornando-o mais confortável (alívio e redução de dores nas costas e lombares, pernas doridas e pesadas, obstipação, azia, retenção de líquidos, inchaço e dor nas extremidades, entre outros). Uma sessão semanal de Shiatsu pode significar a diferença entre incómodo e bastante conforto, permitindo que viva em pleno a sua gravidez.
 Após o trabalho de parto e o nascimento, o Shiatsu ajuda a revitalizar os músculos e à recuperação mais rápida da nova mãe.

Filipa Silva
Mar Energético, terapias corporais Lda.
Especialista doBebe.com

Written By
More from

Dores na coluna: Dicas!

Cerca de 50% das grávidas sentem algumas dores na colunaA razão é...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *