Tribunal tira três crianças de família por terem nomes de inspiração nazi

Um tribunal norte-americano determinou, esta quinta-feira, que três crianças baptizadas com nomes de inspiração nazi, entre eles Adolf Hitler, deveriam ser retirados da guarda dos pais.

O assunto foi tornado público em Dezembro de 2008, quando um supermercado recusou decorar um bolo de aniversário com o nome de uma das crianças.

“Parabéns Adolf Hitler Campbell”, era esta a mensagem que a família Campbell queria ver escrita no bolo de aniversário do pequeno Adolf, mas o supermercado onde a encomenda foi feita recusou-se a escrever a frase e o caso foi tornado público.

No mês seguinte, os três filhos dos Campbell foram retirados aos pais e entregues a uma família de acolhimento.

Para além do Adolf Hitler Campbell, de cinco anos, existe a JoyceLynn Aryan Nation (em português Nação Ariana) Campbell, de quatro anos, e uma versão feminina de Heinrich Himmler, comandante das SS e figura maior do Holocausto, a Honsz-lynn Hinler Jeannie Campbell, com três anos.

Já depois da retirada das crianças da guarda dos pais, um tribunal de família chegou à conclusão que não havia provas suficientes de negligência ou de abusos.

Mas essa decisão ficou em suspenso até ser avaliada por um tribunal de recurso, o que aconteceu nesta quinta-feira.

O tribunal de recurso justificou a decisão desta quinta-feira, sublinhando que o pai das crianças, Heath Campbell, 37 anos, nunca tinha tido um emprego devido a problemas médicos e mentais e que era iletrado.

A mulher, Deborah Campbell, de 27 anos, também sofre de problemas físicos e mentais.

O tribunal adiantou ainda que foram enviados assistentes sociais à residência do casal em Dezembro de 2008, depois de acusações de violência no seio da família.
Hugo Neutel

Written By
More from

Receitas para piqueniques

Deixamos aqui sugestões de iguarias próprias para levar para fora de casa,...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *