Um novo começo: A escola!

escola2

Todo o ser humano tem a necessidade de estabelecer laços, um contacto emocional entre

quem lhe é mais próximo e o seu prestador de cuidados, seja o pai ou a mãe, ou outras pessoas

da família. A relação mãe-filho estabelece-se muito cedo, e uma mudança/ corte (ainda que não

permanente) nessa relação traz alterações significativas na vida de ambos e na do casal em si.

Contudo a mudança é algo inevitável e faz parte do crescimento de cada um! Não mudar

significar não crescer e não evoluir. Ao lidarem com as mudanças as crianças estão a construir a

sua capacidade de solucionar problemas, arranjar estratégias e promoverem a sua adaptação

aos diferentes meios e ambientes. Uma das mudanças que é inevitável é a entrada para o jardim-

de-infância, que pode e deve ser vivida em conjunto com os pais, para que esta transição não

seja tão “dolorosa” mas sim vista como algo estimulante e benéfico para a criança. Afinal

proporcionar à criança oportunidades para que tenha um desenvolvimento adequado é das

coisas mais importantes que pode oferecer ao seu filho.

Existem estratégias que ajudam os papás a preparar o seu pequenote para a entrada na

escola, e ao ajudar o seu filho está a ajudar-se a si também. Quanto mais segura for a posição

dos pais em relação a determinado assunto, mais essa confiança passa para a criança, que por

sua vez se sente também confiante e pronta para se aventurar na exploração de um novo

mundo, sempre com o apoio de quem lhe é mais importante.

Este momento deve ser visto com naturalidade, como mais uma transição que deve

ser vivida em equilíbrio, tentando não passar à criança a insegurança que possa

Escolha uma escola que lhe traz segurança e confiança para entregar o seu pequenote

sem ficar excessivamente preocupada;

Explique-lhe para onde vai e o que lá se vai passar, como o conviver com outros

meninos, as aprendizagens que vai fazer e os bons momentos que vai passar;

Leve-o à escolhinha consigo primeiro, apresentando-o à professora, para que o primeiro

contacto seja feito com alguém em quem ele confia e para que se sinta à vontade de

explorar sabendo que se não gostar, poderá voltar para ao pé da sua mamã;

Fale-lhe das aulas que terá, das pausas entre as mesmas, da hora da refeição entre as

outras actividades que diariamente terá, pois a rotina transmite confiança à criança dado

que esta fica familiarizada com o que irá acontecer, antecipando esses acontecimentos

para que não lhe causem transtornos;

Procure manter-se actualizada dos progressos e dia-a-dia do seu pequenote na escola.

Isto conforta-a e permite que se mantenha sempre a par das evoluções do seu filho,

mesmo não estando presente quando acontecem;

Despeça-se sempre do seu filho, reforçando que ao fim do dia estarão de novo juntos,

para que este se aperceba que aquele tempo que está na escola é temporário;

Se o seu filho tem um brinquedo favorito, não o impeça de o levar consigo para a

escola. O chamado “objecto de transição” é tranquilizante para a criança, pois simboliza

segurança. Após algum tempo, quando a criança já estiver familiarizada com a escola, o

brinquedo deixará de ser necessário e ela mesma deixará de o pedir;

No final do dia, fale com o seu filho acerca de como correu o tempo que passaram

separados, transmitindo interesse pelas suas actividades. Este é ainda um óptimo

momento para que elogie as evoluções e atitudes positivas da criança, tirando-lhe ainda

qualquer dúvida ou medo que tenha acerca da escola.

E por fim se ainda não se sentir segura, fale com os seus pais que afinal também já

passaram por esta transição consigo. As opiniões valiosas de quem sabe do que fala são

sempre bem-vindas, e pode assim pedir dicas e ideias para ultrapassar tranquilamente este

(Nota: Embora generalista, o artigo decorre de investigação e baseia-se em fontes técnicas e científicas.)

Especialistas do Portal dobebe.com

Tags from the story
Written By
More from

Bebê pode ingerir ovo e outros alimentos alergênicos

O conceito de atrasar a introdução de alguns alimentos na dieta do...
Read More

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *