Bebé sobrevive três dias sozinho com ferida de bala

Um bebé de sete meses – uma menina – sobreviveu três dias sozinho, com uma ferida de uma bala no peito e rodeada dos cadáveres dos seus pais e do seu irmão, durante três dias. O milagre aconteceu na cidade de Goya, no nordeste da Argentina, onde viviam Francisco Lotero de 56 anos, Miriam Coletti, de 22, e os dois filhos pequenos.

De acordo com as primeiras investigações, ter-se-á tratado de um aparente pacto suicida motivado pelo medo do aquecimento global.

Os vizinhos do casal avisaram a polícia de um cheiro estranho que saía da casa. Quando a polícia chegou, encontrou os três cadáveres e o bebé, ferido no peito. A menina está hospitalizada e encontra-se a recuperar bem.

in ionline.pt

Written By
More from

Professor acusado de bater nos alunos

Os encarregados de educação dos alunos de uma turma do 6º ano...
Read More

Deixar uma resposta