Governo: Aprovado subsídio

Governo: Aprovado subsídio social de maternidade e majoração do abono para famílias monoparentais.
O Governo aprovou  um decreto-lei que prevê a atribuição de um subsídio social de maternidade,

paternidade e adopção, aos cidadãos em situação de carência económica.
O decreto-lei, aprovado na generalidade na reunião do conselho de ministros, reconhece o direito ao subsídio de maternidade, de paternidade e por adopção aos cidadãos em situação de carência económica.
Os subsídios sociais de maternidade, paternidade e por adopção destinam-se às pessoas que não tiveram carreira contributiva que as habilite a receber o subsídio no regime geral.
A prestação deverá ser de 325 euros durante quatro meses, período que corresponde ao actual subsídio de maternidade, tinha afirmado o ministro do Trabalho e Solidariedade Social, Vieira da Silva, em Janeiro.
O conselho de ministros aprovou ainda um decreto-lei que institui uma majoração de cerca de 20 por cento do abono de família para as famílias monoparentais.
“Trata-se de uma situação cada vez mais presente na sociedade portuguesa que importa discriminar positivamente, proporcionando um maior apoio às famílias monoparentais tendo em conta a sua vulnerabilidade no plano económico”, refere a resolução do conselho de ministros.

Written By
More from

Jamais diga ao seu filho…

Deverá ter algum cuidado com algumas frases que diz ao seu filho,...
Read More

Deixar uma resposta